domingo, novembro 19, 2017
Home > Notícias > Programa Pró-Moradia.

Programa Pró-Moradia.

 MORADORES DE MANGUINHOS SÃO CONVOCADOS PARA UMA ASSEMBLEIA DE APRESENTAÇÃO DO TRABALHO TÉCNICO SOCIAL EM MANGUINHOS.

Foi realizada no dia 10/08/2013 uma Assembleia de Apresentação do Trabalho Técnico Social do Programa Pró-Moradia 2009 que está em desenvolvimento em algumas comunidades de Manguinhos, pela Secretaria Municipal de Habitação. A assembleia aconteceu no Centro de Referência da Juventude (CRJ) às 10h. A empresa responsável pelo desenvolvimento do Trabalho Técnico Social em Manguinhos é a empresa INOVARA, que iniciou o encontro apresentando a equipe que desenvolverá as atividades técnicas sociais nas comunidades do nosso Bairro. Estiveram presentes cerca de duzentos moradores e representantes da SMH.

André Lima, na condição de consultor contratado pela empresa Inovara, iniciou a assembleia detalhando a apresentação da equipe e informando sobre o Programa Pró-Moradia em Manguinhos, as intervenções físicas já realizadas e as futuras obras. Explanou sobre as propostas do Programa e os eixos que nortearão o desenvolvimento das atividades em Manguinhos: Meio Ambiente e Geração de Renda, Mediação e Participação Comunitária.

Explicou que as atividades da equipe estão iniciando e que uma das propostas relativas à participação popular é a de formar junto á comunidade de Manguinhos, uma comissão de acompanhamento, que auxiliará no processo de desenvolvimento do trabalho social. Informou que o atendimento à comunidade é feito no chamado Plantão Social, na Rua Leopoldo Bulhões – 952 no CCDC da Varginha.

O Fiscal de Obras relatou as intervenções físicas já realizadas pelo Programa Pró-Moradia como: a Horta Comunitária e acesso para a COMLURB. Essas intervenções teriam sido realizadas na comunidade CHP II até a Estrada de Manguinhos. Informou também sobre as obras que serão realizadas na comunidade Nelson Mandela (Mandela I) nos próximos meses: centro comercial, campo de futebol e quiosques.

 

Os moradores presentes iniciaram questionamentos relativos às pendências das obras do PAC no território. Algumas insatisfações foram colocadas e eles solicitaram que haja mais diálogo para a construção de soluções coletivas.

 

O Consultor André Lima, ressaltou que é necessária essa aproximação e que o Programa prevê essa participação popular por meio do plantão social e formação de comissão de moradores. E que as manifestações e críticas são legítimas. Convidou a todos para participarem desse processo, que iniciará com a formação da comissão de moradores de Manguinhos.

 

Diante de muitas indagações pontuais dos moradores a assembleia foi encerrada, para que a equipe técnica social pudesse fazer atendimentos mais individualizados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *