segunda-feira, novembro 20, 2017
Home > Notícias > ASSEMBLEIA DE FUNDAÇÃO DA AGÊNCIA DE COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIA

ASSEMBLEIA DE FUNDAÇÃO DA AGÊNCIA DE COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIA

Mais um momento pra ficar na história de Manguinhos acontece em junho.

No dia 05 de junho de 2014 aconteceu na Biblioteca Parque, na sala Meu Bairro, um momento importante para Manguinhos: a assembleia que fundou a Agência de Comunicação Comunitária.

Estiveram presentes vários convidados, pessoas que colaboraram com todo esse processo de construção desde as primeiras reuniões por meio do Conselho Comunitário de Manguinhos. Esse Conselho nasce a partir da iniciativa do Programa de Aceleração do Crescimento, por meio das suas equipes técnicas sociais locais. Com a adesão da Fundação Oswaldo Cruz, através da Cooperação Social e participação de vários atores locais, representantes do poder público e moradores, o coletivo foi se estruturando. Dividido em grupos de trabalho, o Conselho Comunitário vem debatendo ações para a melhoria do Complexo. Dentre os grupos de trabalho está o de Comunicação, que percebeu a necessidade de um plano para socializar informações que não tinham mecanismos para alcançar todo o Complexo de Manguinhos.

Apesar de críticas ao longo desse período, de 2011até hoje, esse Conselho foi procurando os caminhos para contribuir com Manguinhos.

Em 2013 o Grupo de Comunicação começou a se preparar para se tornar uma Agência de Comunicação Comunitária. Tem como parceiros, nesse momento, a Fundação Oswaldo Cruz e a Unisuam, onde, inclusive, foram realizadas as oficinas ligadas à comunicação de abril à junho daquele ano, com cerca de 30 participantes.

Hoje a agência conta com um jornal mensal e um blog para difundir informações das mais variadas. Também está nas redes sociais, sempre com o nome Fala Manguinhos!

Durante esse processo, mais uma adesão importante: a do Instituto Pereira Passos – órgão que já vinha acompanhando essa construção. Com o programa UPP Social, por meio da equipe de campo que atua em Manguinhos, houve a possibilidade de auxiliar no processo de legalização da Agência, inclusive, a parceria do Conselho Comunitário tem se desdobrado em várias ações, sempre com a marca da coletividade. O IPP disponibilizou uma equipe técnica para auxiliar nesse processo de legalização.

A assembleia de fundação da Agência resultou na análise do estatuto e na eleição da diretoria e do conselho fiscal.

 

Robson Viana

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *