domingo, novembro 19, 2017
Home > Cultura > 1ª Feira Favela Criativa premiará com R$2 milhões 40 empreendedores culturais

1ª Feira Favela Criativa premiará com R$2 milhões 40 empreendedores culturais

 Evento acontece de 27 a 29 de janeiro e tem palestras e shows abertos ao público

 Após uma seleção que recebeu acima de 100 inscrições, mais de 50 iniciativas culturais de comunidades populares do Rio de Janeiro participam da 1ª Feira Favela Criativa, que acontece de 27 a 29 de janeiro, na sede do Rio Criativo, na Praça Onze. A programação inclui palestras, maratonas de consultorias com o Sebrae e pitchings com patrocinadores, quando cada empreendedor terá até oito minutos para apresentar seu projeto. No final, cada um dos 40 selecionados receberá R$ 50.000,00 da Light, através da Lei Estadual de incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, para alavancar sua iniciativa, além de obter o selo Favela Criativa, uma chancela institucional a partir do qual o empreendimento passa contar com o apoio técnico e operacional para o seu desenvolvimento.

 A Feira Favela Criativa faz parte do Programa Favela Criativa, resultado da parceria entre o poder público e a iniciativa privada, contando com recursos de R$ 14 milhões, provenientes da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, da Light, do Programa de Eficiência Energética da ANEEL, do Banco Interamericano de Desenvolvimento-BID e do MinC. O Programa é formado por um conjunto de projetos que oferece a jovens agentes culturais formação artística e especialização em gestão cultural e estabelece canais de diálogo entre estes jovens, possíveis parceiros e patrocinadores potenciais.

 O objetivo principal da Feira é oferecer recursos e capacitação para jovens empreendedores culturais. Ela engloba iniciativas nas mais diversas áreas criativas, como moda, música, mídia comunitária, literatura, artes cênicas, audiovisual, pensamento e memória, turismo e gestão cultural.

 “Com a Feira, damos início a uma série de eventos que reunirão jovens empreendedores e empresas interessadas em patrocinar projetos de favelas e demais territórios populares do estado. O agente cultural da favela sabe como é difícil montar um projeto e obter recursos para realizá-lo e sabe das dificuldades de se chegar a um patrocinador. A Feira Favela Criativa vai ser fundamental nessa interlocução”, explica Eva DorisRosental, Secretária de Estado de Cultura.

 “A Feira Favela Criativa é o auge de uma estratégia de criar novas oportunidades para jovens cariocas, especialmente aqueles que moram em comunidades. O evento é um marco de um novo modelo de investimentos e fomento alinhados entre poder público, iniciativa privada, terceiro setor, academia e os cidadãos”, afirma o gerente do Instituto Light , Paulo Bicalho.

 As bancas dos pitchings serão compostas por representantes da Light, do Instituto Pereira Passos, das Secretarias de Estado de Cultura e de Esporte Lazer e Juventude. As apresentações são abertas ao público, o que oferece a oportunidade de visibilidade do projeto para outros possíveis parceiros. O evento também conta com apoiadores como AgeRio e Sebrae.

 “A Feira Favela Criativa visa incentivar a participação da juventude em atividades e manifestações culturais. Isso vai ao encontro dos objetivos do Caminho Melhor Jovem, que são além da inclusão social, a inclusão produtiva através da cultura, diz Alexon Fernandes, Coordenador do Caminho Melhor Jovem da Secretaria de Esporte Lazer e Juventude.

 A Feira terá, ainda, atividades abertas para todo o público, com palestras, oficinas e shows de funk, charme e samba ao final de cada dia. Na terça, dia 27a diretora de conteúdo do Instituto de desenvolvimento e gestão Marta Porto e o rapper Marcelo DuGhettu falam sobre Economia Criativa. Na quarta, dia 28, o papo é sobre Formação Artística com o produtor cultural Júnior Perim e Guti Fraga, fundador da companhia teatral Nós do Morro e presidente da Funarte. Na quinta, a Superintendente da Lei de Incentivo da Secretaria de Estado e Cultura Tatiana Richard e o gerente do Instituto Light Paulo Bicalho falam sobre fomento. As festas serão comandadas pelos DJs MAM e Batutinha, produtor musical que assinou produções de Naldo, Anitta e Valesca, na terça; roda de samba com Vitor Art, atual mestre de Bateria da Mangueira, na quarta; e o famoso Baile Charme de música black, na quinta, com os tradicionais charmeiros de Madureira.

 A pré-seleção dos empreendedores incluiu projetos que já estão em andamento e novas iniciativas e foi feita pela SEC em parceria com o Rio + Social, do Instituto Pereira Passos (IPP).

 “A Feira Favela Criativa ocorre num momento importante quando o Instituto Pereira Passos apresenta à população do Rio sua proposta participativa: o Pacto do Rio. Neste sentido, o evento é uma grande plataforma com capacidade de potencializar as ações e os atores atuantes nas favelas pacificadas e que constituem o público alvo do IPP e do Rio+Social”, avalia Pedro Veiga, coordenador do Rio+Social.

 O Rio+Social é um programa multidisciplinar coordenado pelo Instituto Pereira Passos (IPP) em parceria com o ONU-Habitat – o Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos, para promover a melhora na qualidade de vida de populações que moram em territórios pacificados.

Serviço:

Data: 27, 28 e 29 de janeiro (de terça a quinta-feira)

Horário: de 10h às 22h

Local: Rio Criativo – Rua Frederico Silva, 86, bloco B (Liceu de Artes e Ofícios) – Praça Onze, Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *