segunda-feira, dezembro 18, 2017
Home > Educação > PARA QUAL DIREÇÃO ESTAMOS INDO?

PARA QUAL DIREÇÃO ESTAMOS INDO?

Em um ano conturbado por conta de greves e ocupações, o Colégio Estadual Compositor Luiz Carlos da Vila sofreu com diversos fatores politicos e sociais, que afetaram diretamente o ensino e a organização da instituição. Após a ocupação,uma série de acordos foram feitos com a Secretária de Educação, que não foram cumpridos.

No mês de novembro foi montada uma comissão escolar para presidir a eleição e organizar o regulamento, as chapas e todo o processo eleitoral. As inscrições das chapas deveriam acontecer diretamente com a comissão escolar, respeitando o regulamento e tendo em vista o plano de administração do colégio.

O prazo de inscrição terminou na última sexta-feira, 02/12, e o líder da comissão, Douglas Thomaz, anunciou que nenhuma chapa se candidatou. A seeduc será informada, e provavelmente enviará um interventor escolhido pela própria secretaria.

O que soa estranho, é o fato de uma escola que foi inaugurada em tão pouco tempo, estar tão abandonada em pequena e em grande escala. O movimento de ocupação buscou melhorias, fez acordos e, hoje em dia vemos que isso ainda não foi honrado pela Secretária de Educação.

É nosso dever levar o leitor a questionar uma série de fatores que levaram a decadência de uma escola em uma região carente de acessibilidade, serviços e muitos outros.

O que venho questionar nesse texto é: Por que nenhuma chapa se candidatou? O porquê da falta de interação do colégio com a comunidade? Será que os problemas do colégio são algo que apenas a diretoria pode resolver? E por fim, qual é a sua visão atual do Colégio Estadual Compositor Luiz Carlos da Vila?

-Lucas Lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *