sábado, novembro 18, 2017
Home > Notícias > MICROFONES ABERTOS CONTRA A AIDS | Renata Dutra

MICROFONES ABERTOS CONTRA A AIDS | Renata Dutra

Olá, sou a jornalista Renata Dutra e vou contar para vocês tudo o que rolou no evento Microfones Abertos Contra a Aids, em que o Fala Manguinhos foi convidado a participar, no mês de junho.

Organizado pelo Criar Brasil, a ação teve como objetivo reunir comunicadores do Brasil inteiro para discutir  a AIDS e a forma correta e clara de informar o público sobre a doença.

A chegada…

Na terça-feira, 20 de junho, cheguei no hostel localizado na Lapa, no centro do Rio. Ficamos hospedados lá para nos concentrarmos para o dia seguinte onde aconteceriam as atividades. Logo ao chegar, fiquei encantada com a forma maravilhosa com que fomos tratados, tanto pelo hotel, como pela organização do evento.

Aproveitei para conhecer os outros jornalistas que também iriam participar. Já estavam lá a Danielle Moura, da Tv Unimep (Universidade Metodista de Picaricaba), Lielle Serafim, jornalista e atualmente trabalha com educação física, sua segunda formação e minha companheira de quarto Laila Ferreira, do projeto Rolo de Filme, de Belford Roxo, Rio de Janeiro. É sempre bom conhecermos colegas de profissão, assim sonhamos juntas, trocamos figurinhas e até achamos graça da profissão que escolhemos. Quando jornalistas se reúnem o que vocês acham que acontece? O assunto não acaba nunca (risos)! 

Do primeiro dia fica uma lição: nunca desista dos seus sonhos, lembre sempre que você é capaz de realizar tudo aquilo que deseja. Teve Fala Manguinhos em um evento que reúne comunicadores do Brasil inteiro, sim!

Dia 21 de junho, 5:00 da manhã…

Acordamos bem cedo, pois o dia seria bem agitado, mas não imaginaríamos que seria tão proveitoso e interessante como foi.

Descemos para tomar café da manhã e lá conhecemos o Edson Silva, jornalista em uma rádio de Piracicaba. Depois fomos para o Flamengo, onde iriam começar as atividades.

Quando chegamos no Flamengo Park Tower, me deparei com uma imagem emocionante. Bem na entrada tinha uma placa com a seguinte frase: “Neste local em 15/11/1895 foi fundado o Clube de Regatas do Flamengo”. Não tem como descrever a sensação que senti, é lindo descobrir a história do seu time de coração. Coisas que o jornalismo nos proporciona.

Conhecemos a Dilly, outra comunicadora, que não ficou hospedada no hotel, pois tinha compromissos no dia da chegada.

Tivemos duas rodas de conversa que esclareceram muitas dúvidas sobre a Aids e com a certeza de que o papel da comunicação é muito importante no esclarecimento da doença, da prevenção, do tratamento.

Depois do almoço tivemos um tempinho para “turistar”, mesmo sendo carioca eu não perdi a oportunidade de admirar a minha cidade.

Voltamos as atividades na parte da tarde, lá conhecemos o Criar Brasil, organizador do evento e fechamos nossas atividades com a criação de um spot* sobre aids.

“Achei maravilhoso ter a oportunidade de receber informações sobre aids e conhecer pessoas tão incríveis”, diz Laila Ferreira.

Ao todo participaram 6 comunicadores da região Sudeste. Pois foram divididos por regiões, cada região teria suas atividades em dias diferentes. A experiência foi incrível. Além de conhecer pessoas tão maravilhosas, ainda aprendemos sobre um assunto de muita importância para a população. Comunicação é tudo, ela pode salvar vidas! Muito obrigada Criar Brasil pela oportunidade!

Se você tem um sonho corra atrás dele, com ânimo, fé e força de vontade. A lição que fica disso tudo é que somos do tamanho dos nossos sonhos, então sonhe alto. Você pode realizar tudo aquilo que deseja.

*Spot de rádio é uma peça sonora onde se usa a interpretação humana (um ou mais locutores) e elementos sonoros (músicas, efeitos especiais), para a construção de uma peça sonora pensada para o veículo do rádio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *