segunda-feira, novembro 20, 2017
Home > Cultura > Música e a sua magia – Por Renata Dutra

Música e a sua magia – Por Renata Dutra

 


                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                

A música está sempre presente em nossa vida, seja em momentos bons ou ruins. Em uma festa, no ônibus, no caminho para casa. Umas são animadas, outras calmas. Umas com mensagens de reflexão, outras de amor e também existem as que apenas nos divertem. O que seria de nós sem a música? Como assistir um bom filme sem a trilha sonora?
A música é reconhecida por muitos pesquisadores como uma modalidade que desenvolve a mente humana, promove o equilíbrio, proporcionando um estado agradável de bem-estar, facilitando a concentração e o desenvolvimento do raciocínio, em especial em questões reflexivas voltadas para o pensamento.
Todas as pessoas já vivenciaram a experiência da música, pois aquelas que não escutam, podem senti-la. Nós sentimos muito mais a música do que ouvimos. Independente da melodia que é usada, do estilo musical, da letra, e etc, a música nos traz sensações, sensações essas que nos transmitem uma série de estímulos, onde fazem o nosso corpo reagir sobre tal. Estes estímulos nos ajudam diariamente a ser quem somos, a sentir o que sentimos, a tomar ações que tomamos. A música tem um caráter em nossas vidas muito mais complexo do que entreter.
Mas já parou para pensar que por trás dessa magia que é a música, existe um personagem de extrema importância? O músico é quem dá a vida a música. Ele faz a música nascer através da melodia, da harmonia e do ritmo. Além de dar a luz com a sua voz e com os instrumentos usados, seja o violão ou o violino, o pandeiro ou a bateria.Então, se não vivemos sem a música, logo não vivemos sem os músicos.

Hoje, o Fala Manguinhos apresenta mais um cantor da nossa comunidade. Ele que não vive só da música, mas faz da música a sua vida. Franklin Teixeira, mais conhecido como Gringo do Pagode, levou esse nome por dançar parecendo um “Gringo”, se divide em várias profissões como: mototaxista, designer gráfico e tem também um bar. Traz uma paixão pela música e torna ela a sua profissão nas horas vagas.
“Sempre canto em comunidades, participei do grupo Tá No Brilho, mas agora estou como cantor solo. A música é tudo na minha vida, desde a época da escola eu tenho grupo de pagode”.
Também nos contou sobre a importância da música e da cultura para as pessoas. “A cultura é importante para todo mundo, não só para os jovens. Todo mundo tem que conhecer e ter acesso a ela” diz.
Ele que lançou um clipe recentemente, falou sobre as dificuldades: “Eu não tenho empresário, me viro sozinho. Fui comprando as coisas aos poucos. Um cantor solo, que não tem banda, passa por mais dificuldades ainda, pois depende de outros grupos para poder tocar”, afirma. Falou também sobre os desafios para quem está começando na carreira: “O primeiro passo é nunca desistir. E depois é começar a se aperfeiçoar, e assim ir se tornando cada vez melhor na sua área”, conclui. Visite a página Cantor Gringo do Pagode e assista o seu clipe ‘Siga’.
Se você conhece algum artista de Manguinhos, entre em contato com a gente, a comunidade precisa conhecer a história de pessoas que fazem história na nossa favela.

link do vídeo clip SIGA.

 

Renata Dutra é estudante de Jornalismo e colunista do Fala Manguinhos!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *