sexta-feira, junho 22, 2018
Home > Cidadania > Mobilidade em Manguinhos – Sinal vermelho é pra quem?

Mobilidade em Manguinhos – Sinal vermelho é pra quem?

 

Por Edilano Cavalcante

Atualmente a Leopoldo Bulhões está prestes a ganhar um novo nome, PISTA DOS VELOZES E FURIOSOS…

foto: Edilano Cavalcante

A rua Leopoldo Bulhões, que corta o bairro de Manguinhos, já recebeu vários apelidos, e o que ficou mais popular foi FAIXA DE GAZA, pois a própria mídia carioca faz questão de enfatizar esse nome por conta dos tiroteios e operações policiais que acontecem próximo a via, claro, essa mídia adora carimbar a favela e nos moradores, por isso tais nomes pejorativos e preconceituosos.

Atualmente a Leopoldo Bulhões está prestes a ganhar um novo nome, PISTA DOS VELOZES E FURIOSOS, embora o nome possa ser engraçado, o motivo é o pior possível, refere-se à quantidade de acidentes causados na via por conta da alta velocidade e o desrespeito aos sinais de trânsito. baseados nos relatos que nossa página do FALA MANGUINHOS, recebe frequentemente, a lista de acidentes no ano de 2017 é extensa, só no mês de novembro tivemos três atropelamentos entre a entrada da Favela Samora Machel ( Mandela 2) e a FIOCRUZ, numa extensão de apenas 785 metros, onde dois desses casos foram acidentes fatais.

Edilano Cavalcante

O problema de tantos sangue espelhados na pista da Leopoldo, é o desrespeito dos motoristas, principalmente na ultrapassagem dos sinais fechados, os carros passam em altíssima velocidade, não se importando com as placas de aviso, ou com as escolas do entorno( 4 escolas à margem da via).

Segundo a mensagem de uma seguidora ( Francisca de Souza) no Facebook do Fala Manguinhos, mãe de um estudante da Escola Municipal Maria de Cerqueiro, “os carros não esperam a travessia das crianças, nem mesmo se elas estiverem uniformizadas ou em grupo, os pais é que precisam se aventurar para tentar passar no intervalo de carros, quando surge a oportunidade, um perigo na entrada e na saída de turno”.

 

Conversando com a professora Paloma Gomes da escola EDI Doutor Domingos Arthur Machado Filho ( entre a Embratel e Mandela 2), ela relatou que já presenciou um acidente de uma criança, em frente a escola “ É muito perigoso o fato da saída da escola ser na via, muitos não querem nem saber que é entrada e saída de escolas… As crianças saem, muita das vezes, sem estar dando a mão aos seus pais, se forem para a pista seria desastre na certa”. Ouvimos também a Moradora Norma Maria, quem tem um projeto social em Manguinhos, com mães de crianças com deficiências e que sofre com vários descaso e invisibilidade social, entre elas a dificuldade na mobilidade Urbana.

A moradora Claudia Barbosa(na foto a direita), que tem uma criança deficiente física, conta que todos os dias é um a luta para atravessar as pistas da Leopoldo Bulhões e chegar na Escola Municipal Juscelino Kubitschek “ eu preciso atravessar correndo,empurrando a cadeira de roda, e tendo cuidado para não machucar a Clarinha (filha), o sinal demora muito para abri, e quando abre não dàr tempo de passar, um sufoco”.

Norma Maria (esquerda da foto), que coordena um projeto para famílias com algum tipo de deficiência em Manguinhos ( Projetos Marias- como posso ajudar meu filho especial), faz uma análise muito mais ampla da situação “ na verdade o problema da mobilidade aqui em Manguinhos é muito antigo, principalmente para cadeirantes, o PAC ( Programa de Aceleração do Crescimento) por exemplo, eles( o Estado) fizeram um monte de equipamentos e apartamentos aqui em Manguinhos, mas não pensaram na população com deficiência física, pra gente andar com nossos filhos cadeirantes pelo bairro é uma luta ao subir e descer calçadas, e na Leopoldo Bulhões os próprios moradores tiveram que improvisar uma rampa, para isso quebrando uma calçada, ou seja o problema é maior que se possa imaginar quando se é deficiente físico”.

 

É muito importante lembrar que em todo o território nacional, a preferência da passagem é do pedestre, pois ele é o componente mais vulnerável e isso direito é garantido por lei. Segundo o Código Brasileiro de Trânsito, artigo 214, disponível para consulta no portal do DETRAN (http://www.detran.rj.gov.br), o motorista que deixar de dar preferência para o pedestre ( estando na faixa ou não) comete a infração GRAVÍSSIMA, sujeito a 7 pontos na carteira e multa de R$ 293,47. Também é direito do pedestre completar a travessia com calma, mesmo que o sinal passe para verde no meio do percurso.

Como sabemos, esses direitos não estão sendo assegurados na rua Leopoldo Bulhões, e nós moradores precisamos pensar maneiras de coibir motoristas apressados ou exigir que a prefeitura do Rio coloque algum mecanismo de redução de velocidade. Em ambos os casos é direito nosso pedir segurança e respeito. Para os motoristas que violarem o código do trânsito, podemos tirar fotos da placa do veículo e denunciar para o Detran RJ( Fone: 3460-4040), ou caso tenha mais disponibilidade, juntos podemos fazer uma petição exigindo que o prefeito tome alguma atitude eficaz.

O Fala Manguinhos também tem uma ideia boa e barata que os próprios moradores podem fazer, é usar a faixa de pedestre 3D, onde o motorista que ver a faixa de frente reduz a velocidade, por achar que ela é alta. Essa ideia já estar sendo muito usada em várias cidades do Brasil e tem ajudado na redução de velocidade e consequentemente de acidentes. Veja na foto a ilusão de ótica que a pista 3D causa. E ai grafiteiros de Manguinhos, vamos fazer arte?

internet

Não queremos um novo nome pejorativo para a rua Leopoldo Bulhões, queremos respeito à vida de todos que moram e transitam por nosso bairro e favelas. Nós também precisamos fazer nossa parte e ter total atenção quando formos atravessar, pois se todos colaborarem o risco de acidente diminui.

Vidas de Manguinhos importam tanto quanto as vidas de Ipanema.

Edilano Cavalcante é estudante de Cinema e Atualmente é coordenador do Jornal Comunitário Fala Manguinhos.

Matéria realizada em parceira do fala Manguinhos e a Casa Fluminense/RJ por meio do Edital Fundo Casa para a Mobilidade Urbana (http://casafluminense.org.br/)

O Fala Manguinhos é uma mídia independente e que atua no intuito de contribuir com os direitos da população, usando a comunicação como ferramenta de transformação, aproximação e reflexão. Quem tiver interesse em participar, ajudar e construir juntos, estamos de portas abertas.

Contatos: falamanguinhos@gmail.com

facebook: falamanguinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *